A cantora Solange Cesarovna actua esta sexta-feira, 13, no Concerto da Morna do “Week End Capverdiane”, no Luxemburgo, em mais um contributo para a candidatura da morna a Património Imaterial da Humanidade.

Considerado espaço de referência da cultura cabo-verdiana neste país da Europa, o “Week End Capverdiane”, que se realiza de 13 a 15 do corrente, vai acolher as cerimónias alusivas à celebração da cultura e, principalmente, a música cabo-verdiana nos seus diversos géneros, com vista a promoção da união à volta do que melhor represente e identidade e a cultura cabo-verdiana, numa iniciativa dos Veteranos de Cabo Verde no Luxemburgo.

Considerada a nova “rainha da morna”, Solange Cesarovna avançou a Inforpress ter recebido o convite para a noite da morna com “honra e felicidade”, e leva um repertório de mornas de diversas ilhas de Cabo Verde, englobando compositores de referências como Eugénio Tavares, B.Leza, Nazário Fortes, Dante Mariano, Amândio Cabral, Armando Zeferino autor da morna “Sodade”, e  Jorge Barbosa, de entre outros.

Promete uma noite reservada a momentos de “emoções e partilha” com a comunidade cabo-verdiana ali residente e, também, de apoio à candidatura da morna ao Património Imaterial da Humanidade, por entender que este género musical “tem todos os ingredientes para vencer” e que será sempre “mais forte com a união dos conterrâneos no País e na diáspora à volta dela”.

Diz esperar o calor e o carinho dos emigrantes cabo-verdianos para melhor partilhar o palco durante a sua actuação neste espaço da promoção no Luxemburgo, com o argumento que há “todo o entusiasmo, o amor pela morna”, músicos que entregam a sua alma à música tradicional de Cabo Verde, sendo a morna motivo de união da cultura cabo-verdiana.

O show de Solange Cesarovna, que aproveita a ocasião para o lançamento do seu álbum “Mornas”,   conta com a direcção musical e guitarra de Manuel de Candinho, que estará à frente de uma banda de suporte composta por músicos como Toy Vieira (piano), Irineu Monteiro (cavaquinho), Roberto Matias (viola baixo), Anderson (guitarra), Danielson   (cavaquinho) e Tótó Nascimento (bateria).

Publicidade