A SAD do Sporting apresentou, este domingo, as contas dos primeiros nove meses da presente temporada e registou um lucro líquido de 30,2 milhões de euros, face ao prejuízo de 5,89 milhões no período homólogo. 

Em comunicado enviado à CMVM, o clube leonino dá ainda conta de um aumento do volume de negócio de 42% no mesmo período para 156,1 milhões de euros. Os leões explicam que “este crescimento é suportado pelo aumento das receitas decorrentes da venda de direitos desportivos de jogadores”.

Ainda de acordo com a SAD, este é “o maior volume de negócios da história do Sporting em termos homólogos (nove meses).”

O Sporting registou ainda uma redução do passivo em 20,8 milhões de euros, dos quais 17 milhões referem-se à amortização da dívida bancária. 

Refira-se que os resultados apresentados pelos leões referem-se ao período entre 1 de julho de 2019 e 31 de março de 2020. 

Publicidade