A embaixada da Suécia refere, em comunicado, que a cooperação com Moçambique no domínio de energia completa 40 anos em 2018.

“A parceria tem incidido na reestruturação e reconstrução de infraestruturas de eletricidade, com especial enfoque em fontes de energia sustentáveis, eletrificação rural e apoio à geração de capacidade”, diz a nota de imprensa.

Com o acesso à energia elétrica, a qualidade dos serviços públicos como a saúde e a educação pode aumentar, assim como as iniciativas de empreendedorismo local e a segurança, especialmente das mulheres, refere o comunicado.

No início deste mês, a Suécia lançou um fundo no valor de 50 milhões de coroas suecas (4,8 milhões de euros) denominado REACT, que visa impulsionar empresas inovadoras no ramo da energia renovável e eficiência energética em Moçambique.

“O apoio ao setor de energia é uma parte importante da estratégia de cooperação da Suécia com Moçambique para o período 2015-2020 e visa contribuir diretamente para a melhoria do ambiente, reforço da resistência às mudanças climáticas e desastres naturais”, lê-se no comunicado.

Publicidade