Segundo um comunicado de imprensa, enviado hoje à Lusa, no âmbito da nova etapa iniciada a 21 de dezembro de 2018, segue-se a receção da aprovação, exigida pelas autoridades de concorrência, para incorporação da empresa de capital misto Total Marketing & Services Angola SA, detida em participações iguais pelos grupos Sonangol e Total.

Ambas empresas, no âmbito do acordo, vão através da empresa mista desenvolver atividades de distribuição em Angola de produtos derivados de petróleo, cuja primeira fase prevê a distribuição de carburantes e venda de lubrificantes a empresas particulares.

“A Sonangol disponibiliza à empresa mista 45 postos de abastecimento existentes, situados em áreas urbanas ao longo das estradas principais em 10 províncias costeiras e do centro do País”, lê-se.

Por seu lado, adianta o comunicado, a Total contribui com os recursos financeiros necessários para que se atinjam os objetivos dos parceiros: “duplicar o número de postos de abastecimento num período de cinco anos e desenvolver as actividades viradas para o negócio e a venda de lubrificantes”.

O primeiro posto de abastecimento com a marca Total foi inaugurado em Luanda, em dezembro de 2018.

Publicidade