A autora uruguaia Sofia Ferrés venceu o 8.º Prémio Literário Glória de Sant´Anna, um galardão internacional em memória da poetiza que lhe dá o nome e que premeia o melhor livro de poesia em língua portuguesa.

O prémio foi atribuído à autora pelo livro “Desmatéria”, o terceiro da poetiza e no qual Sofia Ferrés traça “uma cosmogonia poética particular, criando um universo interior que se transforma em campo fértil para a semeadura de uma lírica amorosa que é em si, ao mesmo tempo, linguagem, pedagogia e sublimação, até diluir-se num transe que tateia o inexprimível”, segundo a editora brasileira Macondo, que publicou a obra vencedora.

Sofia Ferrés já tinha integrado a lista final na edição de 2019 do Prémio Literário Glória de Sant’Anna, com o livro “En_vuelta”.

O júri desta edição do prémio foi composto por Maria Dovigo (Galiza), Jacinto Guimarães (Portugal), Eduardo Medeiros (Portugal), Ondjaki (Angola) e Andrea Pais (Portugal).

A cerimónia de entrega do galardão, que estava marcada para a Capela de São Gonçalo, em Válega, não se realizará devido à pandemia de covid-19.

O Prémio Literário Glória de Sant’Anna tem o valor de 3.000 euros e é atribuído ao autor do melhor livro de poesia em língua portuguesa editado no ano corrente.

Publicidade