Não são caras novas na Web Summit, mas como nos dizia em agosto Paddy Cosgrave, a área tecnológica e o mundo atual muda muito num ano, pelo que “há sempre coisas novas a acrescentar”. Paddy Cosgrave acaba, assim, de confirmar dois nomes que estão de volta à Web Summit, na edição de 2019.

Tony Blair tem sido um dos rostos contra o Brexit no Reino Unido, num processo que promete continuar ativo durante o evento em Lisboa, de 4 a 7 de novembro – alguns depois da data final prevista para o Brexit (31 de outubro). Aos 66 anos e depois de cargos internacionais relacionados com o Médio Oriente, Blair dedica-se agora ao instituto que tem o seu nome e dedicado à mudança global. A organização sem fins lucrativos criada em 2016, terá recebido donativos da Arábia Saudita e do Departamento dos Negócios Estrangeiros dos EUA. O propósito da instituição que se foca mais no Médio Oriente e em África é combater o extremismo e o populismo e ajudar a criar programas de governança.

Já a presença da comissária europeia Margrethe Vestager, já mencionada na entrevista recente de Cosgrave ao Observador, é referida como uma das mais relevantes pelo responsável da conferência, que confirmou hoje oficialmente a sua presença. “É a pessoa mais importante em tecnologia do planeta”, diz Cosgrave, isto pelo seu “crescente poder” como responsável da área da concorrência na Europa e com o aumento das responsabilidades em breve, como vice-presidente da Comissão Europeia.

O CEO da Web Summit deixou ainda mais alguns dados sobre o evento deste ano nomeadamente que todos os espaços de exposição estão já esgotados, a mais de um mês do evento. Diz Paddy Cosgrave: “Vendemos mais de 2x espaço de exposição todos os anos. Todos os principais espaços para 2020 vão estar vendidos antes da Web Summit 2019. Esperamos que os bilhetes esgotem nas próximas semanas”.

Já existem vários nomes relevantes anunciados nos últimos meses, embora sejam possíveis nomes mais mediáticos nas próximas semanas – é provável Cosgrave esteja a tentar a jovem ambientalista Greta Thunberg, até pelos seus tweets nos tempos recentes.

Em destaque está o chairman da Huawei, Gui Ping, a CEO da Wikipedia Katherine Maher, além de outro repetente, Brad Smith, o presidente da Microsoft. Jaden Smith, o ator e músico filho de Will Smith também marcará presença, bem como os CEO da empresas como Verizon, Tinder, Boston Dynamics, o co-fundador do Quora, o CPO do Uber, o CTO da Amazon ou o CIO da Samsung. O ator Ian Somerhalder – de Perdidos e Vampire Diaries – também marcará presença.

A lista completa de 900 oradores está aqui.

Publicidade